Sultanato de Omã
Com Francisco Agostinho
20 Nov a 29 Nov 2021
10 dias | 1420€
Seguinte
Sultanato de Omã
1 / 1

Entrar em contacto connosco #Agendar Viagem

Preenche os campos
  • Formato da data:DD barra MM barra AAAA
  • Especificações

  • Contacto de Emergência

  • Dados de Faturação

  • A informação recolhida serve apenas para dar resposta via e-mail e/ou telefone. Não guardamos essa informação em nenhuma base de dados.
| Aventura
| Cultura
Dificuldade: 5/10
Conforto: 7/10
Cultural: 7/10
3-10 pessoas
Sultanato de Omã
20 Nov a 29 Nov 2021
10 dias | 1420€
A viagem
O Sultanato de Omã foi dos países mais fechados do mundo até aos anos 70 do século passado. Ninguém sabia muito bem o que se passava naquele “pequeno” pedaço de terra no sul da Arábia.

A verdade é que após a queda do sultão que resistia em abrir o país ao mundo e ao desenvolvimento, o seu filho e sucessor, Sultão Qaboos Bin Said encetou em Omã uma mudança que surpreendeu o mundo!

Dos 10km de estrada alcatroada e três escolas, passou em 30 anos a ser um dos países com mais qualidade de vida não só no Médio Oriente mas também no mundo! Para além do aspeto cultural da hospitalidade e cortesia do seu povo, podemos contemplar as suas imponentes montanhas, os vastos desertos e encantadoras praias!
Não nos esquecemos da sua história e aventuramo-nos pelo mais velho estado independente do mundo árabe, 500 anos depois de outros nossos irmãos portugueses o terem feito em busca das especiarias!
Percurso
  • Dia 1 | MUSCAT (chegada)

    Dia reservado à chegada à capital do Sultanato de Omã. Deverás chegar cedinho depois de uma noite em viagem, após o check-in se quiseres podes começar a explorar a extensa capital do Omã. Para quem chegar mais tarde o que resta do
    dia será check-in e descanso!

    Estadia: Hotel

  • Dia 2 | MUSCAT

    Acordamos na grande cidade de Muscat perto da parte mais antiga da cidade, Mutrah. Bem perto encontramos um pequeno e renovado mercado portuário rodeado por montanhas majestosas. Além do mercado do peixe temos o Souq Muttrah; o mercado tradicional mais visitado da capital, um dos mais antigos do mundo.
    De manhã visitamos a Grande Mesquita Sultan Qaboos na parte nova da cidade, um dos ex-libris do Sultanato mandado construir nos finais dos anos 90. Deslumbrem-se com o 2º maior tapete persa do mundo, cosido à mão por 400 mulheres durante quatro anos!
    Regressamos à zona mais pitoresca e antiga para visitar o local da antiga Muscat. Avistamos daqui os belíssimos fortes bons exemplos da arquitetura indo portuguesa do século XVI que guardam a entrada da antiga cidade, assim como o grandioso palácio do Sultão Al Alam.
    De tarde, rumaremos à costa menos conhecida para o lado oriental da cidade conhecer algumas vilas piscatórias e perceber o quão está este país ligado ao mar.

    Quero que ao pôr do sol estejas comigo junto ao Forte de Mutrah, recentemente aberto ao público. Depois prepara o olfato e vamos absorver o agradável cheiro a “Franckincense” que invade as ruelas do souk. Perde-te, não teremos pressa, e iremos descobrir que apesar de toda a modernidade ainda é possível recuar no tempo.

    O cenário convida-nos a sentar e descansar numa das esplanadas da Corniche de Mutrah que se estende ao longo de uma baía com edifícios e mesquitas antigas, acompanhados de um bom sumo natural!

    Estadia: Hotel
    Alimentação: Pequeno-almoço incluído

  • Dia 3 | MUSCAT-WADI SHAB E SUR

    Partimos em direção a Sur. Pelo caminho temos oportunidade de parar no Wadi Shab, um vale com piscinas de água turquesa, quedas de água em cavernas e palmeiras. Vai-nos obrigar a um mergulho, mas terás de o alcançar após uma caminhada de 40 minutos e uma travessia de barco de 5 minutos!

    O melhor mesmo será teres o fato de banho à mão! Não vais conseguir resistir!
    A cidade portuária de Sur aguarda-nos. O contraste de cores impressiona: a cidade tão branca e o mar tão azul, rodeados de agrestes montanhas de cores ásperas e secas.
    Omã é, geograficamente, um país ligado ao mar e as Dhow, as famosas embarcações tradicionais da região do golfo, continuam a ser construídas no porto de Sur. Certo que o motivo pelo qual se ainda continuam a construir estas embarcações deve-se ao turismo. Ainda assim é importante conservar esta arte!
    Aqui, caminharemos por entre carcaças de barcos abandonados e outros que são agora reconstruídos, ambicionando regressar àquela que é a sua função, navegar.
    Teremos tempo ainda para um passeio pela cidade, e para subirmos à torre Al-yjah, de onde poderemos contemplar Sur e simultaneamente assistir ao magnífico pôr do sol.

    Estadia: Hotel
    Alimentação: Pequeno-almoço incluído

  • Dia 4 | SUR-RAS AL HADD

    Hoje rumamos ainda mais a sul até a um dos pontos mais a oriente do sultanato, Ras Al Hadd. Nesta vila piscatória de praias a perder de vista poderemos experimentar o prazer de deslizar nas águas calmas do Índico, que nos convidam constantemente a um mergulho. O almoço será na praia e terás a tarde livre para desfrutar das águas quentes e límpidas do Mar Arábico. Encontramo-nos à noite para uma surpresa!

    Estadia: Guesthouse
    Alimentação: Pequeno-almoço, almoço e jantar na praia

  • Dia 5 | RAS AL HADD-WADI BENI KHALIDE E O DESERTO WAHIBA

    Depois do imenso mar, e da experiência noturna, o dia hoje leva-nos ao imenso das dunas do deserto! É verdade, o contraste irá ser visível, e depois do mar, esperam-nos as águas das piscinas naturais no Wadi Beni Khalid.

    Um dos wadis de Omã mais visitados, muito frequentado por locais que aqui vêm em família fazendo grandes piqueniques, aproveitando para se refrescarem.
    Depois do almoço, seguimos o nosso caminho em direção ao deserto, que tanto preenche o nosso imaginário do Omã.

    Pernoitaremos num acampamento no deserto de Wahiba Sands. Deixemo-nos levar pelas cores das areias ao fim da tarde e pelo céu que, à noite, parece ter mais estrelas!

    Estadia: Acampamento no deserto
    Alimentação: Pequeno-almoço, jantar no deserto

  • Dia 6 | DESERTO WAHIBA-NIZWA

    A manhã chama-nos para um nascer do sol no deserto ou simplesmente contemplar as areias após uma boa noite de sono.
    Devagar, rumamos ao interior do Sultanato, hoje o destino será Nizwa, a antiga capital islãmi de Omã.
    Dependendo da hora de chegada, poderemos caminhar até ao forte de Nizwa, o monumento mais visitado do país, e ainda caminhar pela parte antiga da cidade, alvo nos últimos anos de algumas renovações e reconversões das antigas casas tradicionais omanitas em casas de hóspedes de charme!

    Estadia: Hotel
    Alimentação: Pequeno-almoço

  • Dia 7 | NIZWA-JEBEL AKHDAR

    De manhã bem cedo, não queremos perder o Goat Market em que centenas de aldeões das redondezas acorrem a Nizwa para vender o seu gado, tal e qual como há centenas de anos. Além do mercado, vêem-se mulheres omanitas (o que não é muito comum) que vestem o seu melhor traje para negociar os seus animais. Se não quiseres associar-te ao momento, poderás visitar com mais calma o Souk de Nizwa, que à sexta-feira ganha uma nova vida e energia. Quiçá poderás comprar aqui a tua lembrança das arábias?

    Partimos logo de seguida para Birkat al Mouz, uma aldeia oásis em ruínas mas que preserva ainda um dos sistemas de irrigação Falaj, incluído na lista de Património Mundial da UNESCO.
    Depois de caminhar um pouco pela aldeia subimos ao Jbel Akhdar, onde apreciaremos as características únicas destas montanhas que levaram a as pessoas a apelida-la de “montanha verde”.

    Estadia: Hotel
    Alimentação: Pequeno-almoço

  • Dia 8 | NIZWA-JEBEL SHAMS E AL HAMRA

    No dia anterior ficámos a conhecer  “a montanha verde” hoje ficaremos a conhecer  “a montanha do sol”.

    Antes ainda de nos entranharmos na imensidão da cordilheira Al-Hajar fazemos uma visita aos fortes Bahla e Jibreen.
    O primeiro é Património Mundial da UNESCO e há fontes que indicam ser um dos mais antigos do sultanato. Foi recentemente reaberto após uma intensa recuperação e oferece-nos vistas espetaculares sobre todo o vale. O segundo, é considerado um dos mais bonitos em Omã, sobretudo pelo seu interior e pelas suas pinturas nos tetos.
    Almoçaremos por Bahla, e o vento levar-nos-á até Jebel Shams, o 2º maior canyon do mundo, a 3000 metros de altitude. Faremos também um pequeno trekking, onde poderemos atestar mais ao pormenor da imponência do lugar.

    E é com estas imagens na cabeça da magnificência da montanha que descansaremos em Al Hamra!

    Estadia: Guesthouse
    Alimentação: Pequeno-almoço

  • Dia 9 | AL HAMRA ATÉ MUSCAT

    Vai parecer uma tarefa impossível que te consigas surpreender, mas acredito que mais uma vez isso irá acontecer. Aqui é Omã no seu esplendor, percorreremos uma das estradas de montanha mais incríveis do país até Muscat, iremos perceber o porquê de chamar a esta cadeia montanhosa “montanhas de pedra”. Saca da máquina com a melhor objetiva, uma que tente captar, a imensidão, o silêncio.  Mais que tudo vais te sentir pequenino no meio desta imponente natureza. Cada quilómetro, cada metro será percorrido com a certeza de que estaremos a interiorizar tudo. Por isso, já noite posta regressaremos a Muscat!

    Estadia: Hotel
    Alimentação: Pequeno-almoço

  • Dia 10 | MUSCAT (partida) ou EXTENSÃO A SALALAH

    Hoje é o dia dedicado ao regresso ao país de origem se não tiveres optado por efetuar a extensão. Muito obrigado pela tua companhia e esperamos que tenhas gostado! Até breve!

    Se escolheste estender a tua viagem, neste dia partimos para o sul do Omã e ao fim do dia partiremos para Salalah capital da região de Dhofar no sul do Sultanato.

    Estadia: Hotel (Salalah)
    Alimentação: Pequeno-almoço

  • Dia 11 | SALALAH-DESERTO DE RUB AL KHALI

    Amanhecemos em Salalah acompanhados dos seus coqueiros que nos remetem para um ambiente mais africano ou tropical. Começamos o dia em Taqah, local de nascimento da mãe do saudoso Sultão Qaboos, conhecida também pela pesca abundante de sardinha e pelo Taqah museu. Aqui poderemos perceber o modo de vida dos antigos governadores regionais, os Wali. Ainda antes de mergulharmos nas águas do Wadi Darbat fazemos uma paragem nas ruínas de “Khor rori”, que foi um dos mais importantes portos marítimos da península arábica, nomeadamente para a exportação do “franquincenso”!
    Depois de almoço as intermináveis areias do deserto Empty Quarter aguardam-nos para um pôr do sol épico e uma noite de descanso sob um céu estrelado.

    Estadia: Acampamento no deserto
    Alimentação: Pequeno-almoço

  • Dia 12 | DESERTO DE RUB AL KHALI-SALALAH

    Já imbuídos do espírito beduíno prosseguimos a nossa aventura ao encontro da cidade perdida de Ubar. As teorias divergem quanto à importância desta cidade na região. No entanto para muitos estudiosos da matéria, Ubar seria uma importante cidade de ligação no comércio entre o deserto e o mar numa rota que durou séculos. Só suplantada pelo avanço das areias do deserto que engoliram a cidade aos poucos. Ubar é Património UNESCO sob o tema “Terra do franquincenso”.

    Finalmente, e após almoço, vamos descobrir como se colhe este precioso produto que foi outrora o Ouro do comércio e um dos produtos mais cobiçados do mundo.

    De tarde percorreremos parte da costa até bem juntinho da fronteira com Iémen e o mar chama-nos para um último mergulho nestas quentes águas do Mar arábico.

    Terminamos o dia jantando ao som do mar numa das praias da cidade de Salalah.

    Estadia: Hotel
    Alimentação: Pequeno-almoço

  • Dia 13 | SALALAH (partida)

    Se o teu vôo for ao final do dia teremos a manhã para explorar a cidade. Poderemos visitar a interessante e moderna mesquita Sultan Qaboos, visitar o mercado do Ouro e terminar junto à praia podendo comprar as últimas recordações de viagem no renovado Souk Al-Husn, conhecido pelo souk do Franquincenso!!
    Resta-me desejar-te boa viagem e obrigado pela confiança!

Detalhes
Incluído na viagem:

Acompanhamento líder 100 Rota

Alojamento (quarto duplo/twin) | 1 noite em acampamento no deserto
Todos os pequenos almoços
Transportes (dentro do programa, excepto transfers)
Actividades :
Entrada Fortes de Nizwa | Jebreen | Bahla | Mutrah
Tour barco em Ras Al Hadd
1 almoço e 1 jantar em Ras Al Hadd | 1 Jantar no
deserto Wahiba Sands
Tour para avistar as tartarugas em Ras Al Hadd

Não incluído na viagem:

Vôos internacionais a partir de: 500€ (valor indicativo)

Transfers de/para o aeroporto
Alimentação não especificada (cerca de 15€/dia)
Actividades não incluídas no roteiro
Despesas pessoais
Seguro pessoal | recomendamos IATI seguros de viagem

Perguntas frequentes